‘Temos que nos unir’, diz aluna de volta a escola

Os alunos da Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na Zona Oeste do Rio, deixaram com otimismo o local, nesta segunda-feira (18), no primeiro dia de atividades após o massacre do dia 7 de abril, em que 12 crianças morreram. Os alunos chegaram por volta das 13h e saíram às 15h30.
“Tem que voltar. No começo eu não queria, tive medo. Mas a gente é aluno da escola, tem que dar a maior força. É difícil passar o que passamos, vi amigos mortos. Mas temos que nos unir agora”, falou Giovanna Mesquita, de 14 anos. Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.