Técnico diz que Fla jogará mais vezes em Macaé

Uma nova casa…?
Nos dois dias em que permaneceu em Macaé, no Norte Fluminense, a delegação do Flamengo foi abraçada pelos moradores da cidade. Desde a chegada ao aeroporto, os rubro-negros demonstraram apoio ao time de Vanderlei Luxemburgo. No hotel onde os jogadores se hospedaram, na Praia do Pecado. A euforia se repetiu no estádio Cláudio Moacyr. Na vitória por 2 a 0 sobre o Americano, pela terceira rodada do Grupo A da Taça Guanabara, cerca de dez mil torcedores comparecera e agradaram. – Gostei do estádio, da participação da torcida, fica bem próxima, esquenta bastante o jogo – disse Luxemburgo.

O Fla volta a Macaé no dia 5 de fevereiro para a partida contra o Boavista. Existe ainda a possibilidade de o time enfrentar o Resende na cidade, no dia 13. Por enquanto, este confronto está marcado para o Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Luxa, no entanto, dá a entender que o clube pode ter encontrado uma nova casa.

– Eu tinha vindo aqui no ano passado para ver o estádio. Pelo que vi hoje (quarta-feira), pode virar um caldeirãozinho. É diferente de Volta Redonda, que a torcida fica distante, é muito frio. A situação aqui foi boa. O Flamengo volta a campo neste domingo, contra o Vasco, pela quarta rodada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.