Refrigerante de maconha é liberado

Veja o que está rolando na rede…
Em fevereiro, a Canna Cola, um refrigerante de maconha, isso mesmo, maconha, começará ser vendido no Colorado, nos Estados Unidos.

A informação é da revista Time, que informa que cada garrafa custará entre US$ 10 e US$ 15 e terá entre 35 e 65 miligramas de THC (tetrahidrocanabinol), o principal ingrediente psicoativo do cannabis, o gênero botânico utilizado para produzir haxixe e maconha.

O criador do “Canna Cola” é o empresário Clay Butler, que assegura que nunca fumou maconha e que elaborou a bebida por “acreditar que os adultos têm o direito de pensar, comer, fumar, ingerir ou vestir o que quiserem”.

Proibido no Brasil: Mas, cuidado. O refrigerante de maconha só está liberado na terra do Tio Sam. Se você for aos Estados Unidos, nem pense em trazer amostras na bagagem. A legislação brasileira pode enquadrá-lo por tráfico internacional de drogas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.