Recorde de público na segunda noite de rodeio

A segunda noite de rodeio foi cercada de emoção, susto e de uma multidão de pessoas que foram em sentido a praia de Guaxindiba, que ficou pequena, na noite deste sábado. Do camarote se tinha uma visão ampla e quilométrica de veículos de São Francisco em sentido à praia, formando uma longa fila na RJ 196. Estima-se que mais de 11 mil pessoas se fizeram presentes na festa do peão. O blog esteve lá e, fez o registro em algumas imagens. Clique nas fotos e amplie!

O público teve a oportunidade de ver a apresentação do cavalo Luxo, que já participou de várias gravações de novelas da Globo. Luxo dançou vários estilos musicais, marchou e agachou em forma de agradecimento ao público. Teve ainda, a performace da “Lady Gaga” interpretada pelo anão da Cia Tony Nascimento e, a declaração de amor por um casal da platéia, que aceitou o desafio para ganhar um celular. Ele(noivo) rolou e “nadou” na areia da arena, se ajoelhando e se declarando para sua noiva/esposa.

No decorrer da montagem de touro, um peão sofreu um acidente e ficou longo tempo no chão até a chegada de um carro de apoio social. Não existia ambulância no local do evento. A demora no atendimento causou susto ao público, que se manteve apreensivos com a estado de saúde do montador, que foi socorrido pelos próprios amigos, levado na maca para uma kombi de apoio social. É obrigatório que uma unidade móvel de saúde se faça presente, com sua equipe médica, em um evento desse porte. Passado o susto, a festa continuou!

Durante a manhã de sábado, fora anunciado que o ex-governador e deputado federal Garotinho estaria na festa, mas o mesmo, não se fez presente.

One thought on “Recorde de público na segunda noite de rodeio”

  1. Caro Noel Junior,
    Não há de se negar que o rodeio foi um sucesso, mas quanto à falta de ambulância não sei se todos têm consciência que é obrigatório ter em eventos públicos e particular ambulância e no caso do rodeio como foi um evento de grande porte a ambulância teria que ser acompanhada de assistência médica, mas pelo visto a organização não se preocupou com isso, pois o que vimos foi uma ambulância de um vereador de Campos que presta apoio social a referida cidade. Talvez alguns devesse pensar o por que de não ter ambulância do município? Porque esse tipo de assistência só pode ocorrer em locais públicos e a Fazenda Lemos não é pública e isso todos puderam ver quando tiveram que pagar dez reais pelo estacionamento.
    Não posso deixar de relatar que foi anunciada a presença do Touro Bandido que já morreu e do deputado Antony Garotinho que não apareceu isso foi uma marca de que o tempo passa, mas a fala é a mesma.
    Muito obrigado pelo espaço!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.