Que coisa feia

Um promotor de vendas da distribuidora da Kaiser e Sol foi demitido após ser flagrado bebendo uma latinha de cerveja Skol num bar de Santa Catarina, informa a coluna de Mônica Bergamo, publicada na Folha desta segunda-feira.

A Justiça considerou que a empresa o demitiu “em razão do livre exercício do direito de liberdade de escolha e opção”.

Na semana passada, o TST (Tribunal Superior do Trabalho) confirmou sentença que determina pagamento de R$ 13 mil ao ex-empregado. Fonte: Folha.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.