Prefeitura de Campos confirma mais um óbito por coronavírus

A Prefeitura de Campos confirmou, na noite desta segunda-feira (4), mais uma morte em decorrência do coronavírus, somando cinco óbitos pela doença no município. Trata-se de um idoso campista de 75 anos, com diabetes. Ele estava internado no Rio de Janeiro. Em novo boletim epidemiológico, mais oito casos da doença também foram registrados, chegando a 120 infectados na cidade. Além disso, outras duas mortes são investigadas e 375 pessoas com sintomas da doença são acompanhadas pela Prefeitura. Após exames, 45 casos foram descartados no município.

Do número total de casos confirmados em Campos, são 69 mulheres e 51 homens com idades entre 20 e 81 anos. Dos outros novos casos confirmados nesta segunda, quatro são mulheres e quatro homens com idades entre um mês e 54 anos. Segundo a Vigilância em Saúde, três possuem comorbidades.

Óbitos — A primeira morte em decorrência da Covid-19 em Campos foi confirmada no dia 10 de abril. O caminhoneiro Hudisson Pinto dos Santos, morador da Penha, de 39 anos, casado e pai de dois filhos, morreu na UTI do Centro de Controle e Combate ao Coronavírus (CCC). Hudisson esteve na UPH do São José no dia 4 de abril. Em seguida, fez uma tomografia no Hospital Geral de Guarus (HGG), de onde foi transferido direto para UTI do CCC, falecendo seis dias depois. O caminhoneiro havia passado por São Paulo e Ceará, duas áreas de grande circulação do vírus.

O segundo óbito registrado pelo município ocorreu no dia 19 de abril. Uma idosa de 79 anos fazia tratamento no Instituto Nacional de Câncer (Inca), na capital, e já contava com problemas hematológicos. Ela era natural de Campos e estava no Rio desde agosto de 2019. Veio a Campos somente no Carnaval e retornou para o Rio sem possibilidades de retorno devido ao quadro clínico. Ela foi internada por sintomas respiratórios.

Já o terceiro óbito foi confirmado no dia 25 de abril. O município não deu mais detalhes sobre o caso, confirmou apenas que era uma idosa de 90 anos residente no município que estava em tratamento em hospital da rede particular.

Já no dia 30, a confirmação foi sobre a morte de uma mulher de 58 anos, que estava internada no Centro de Terapia Intensiva (CTI) de uma unidade da rede particular. De acordo com a Prefeitura, ela era diabética, tinha doença cardiovascular e havia testado positivo há alguns dias, já estando entre os casos confirmados do Departamento da Vigilância em Saúde.

Tratamento – A Prefeitura de Campos mantém desde o mês de março o Centro de Controle e Combate ao Coronavírus de Campos. Até a última quinta (30) foram realizados 720 atendimentos no local. A unidade implantada pela Prefeitura recebe pacientes confirmados ou com suspeita da doença encaminhados por médicos do atendimento 192 – Centro de Informações da Covid. Aqueles que apresentarem sintomas do novo coronavírus- tosse, febre, cansaço e dificuldade para respirar (em casos graves) – devem buscar orientação Central de Informações da Covid. Fonte: Folha da Manha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.