São Francisco quer Estudo de Impacto Ambiental por causa do Porto do Açu

O município de São Francisco de Itabapoana (SFI) não foi incluído nos estudos de impacto ambiental e socioeconômico para a implantação do Porto do Açu, em São João da Barra. Segundo o Procurador do Município, Enaldo Barreto, a conclusão das obras da Ponte João Figueiredo, que liga a cidade a São João da Barra, pode fazer com que grande parte da população prevista para habitar a região até 2025 escolha São Francisco para morar. Segundo o Departamento de Estradas e Rodagem (DER), as obras da ponte devem ser reiniciadas dentro de poucos meses.

Segundo Enaldo, o Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA-RIMA) aponta São Francisco de Itabapoana como área de influência indireta. “Não somos contra o progresso, mas queremos um progresso sustentável, nós não podemos nos omitir quando vemos que o município pode ser afetado”, disse o procurador. Fonte: Site Ururau

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.