Polícia Federal prende suspeitos de desvios de verbas

A Polícia Federal prendeu, nesta sexta-feira, 26 pessoas suspeitas de participação em um esquema de fraude de licitações e desvio de verbas federais no Estado do Mato Grosso. Os prejuízos causados pelo grupo aos cofres públicos, de acordo com estimativa realizada pela Controladoria Geral da União (CGU), podem ultrapassar R$ 38 milhões.

A Operação denominada Atlântida cumpriu também 35 mandados de busca e apreensão em Cuiabá e nas cidades da região do Vale do Araguaia. A justiça decretou ainda o sequestro dos bens de 33 investigados, sendo 26 pessoas físicas e 7 empresas. O valor apreendido em bens ainda não foi divulgado.

Segundo a PF, o esquema contava com a participação de servidores públicos, integrantes de comissões de licitações, funcionários da Secretaria de Estado e Infra-estrutura (Sinfra) e um empregado da Caixa Econômica Federal (CEF). Fonte: IG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.