Os pais devem influenciar na escolha profissional dos filhos?

Ainda hoje, muitos pais desejam que os filhos sigam a mesma profissão deles. Esta é uma maneira que encontram para se sentir realizados e reconhecidos pelos seus descendentes. O problema maior acontece quando esta vontade passa a ser uma fixação e, o pior, vira pressão para que o jovem trilhe um determinado caminho. “Os pais devem aprender a escutar o filho, a respeitar sua escolha e entender que ele só será bem sucedido na profissão que realmente gostar”, explica a psicóloga Nancy Erlach Danon, especialista na área na área cognitiva-comportamental. Leandro (foto ao lado)seguiu os passos do pai Eurides, camiseiro, por conta própria

Por outro lado, há pais que não conversam com os filhos sobre carreira ou não demonstram interesse em saber o que eles estão planejando para o futuro. O psicólogo Fabiano Fonseca da Silva, do Serviço de Orientação Profissional da USP, acredita que o tema profissão deve ser inserido na família “desde sempre”. É importante perguntar para a criança o que ela quer ser quando crescer e, especialmente na adolescência, conversar claramente com o filho sobre o assunto, para que ele perceba que tem um suporte familiar para decidir. Fonte: Portal IG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.