Nova eleição em Mangaratiba aproxima opositores

É o que mostra a coluna do André Lacerda, do Jornal Folha da Manha, sobre às eleições suplementares de Mangaratiba, na Costa Verde Fluminense. Três candidatos disputam a eleição, que acontecerá em 6 de fevereiro: José Luiz do Posto (PMDB), Evandro Capixaba (PR) e Rui Tavares Quintanilha (PV). O candidato tucano Gustavo Busse desistiu da disputa e declarou apoio ao postulante republicano.

José Luiz é o candidato oficial do governador Sérgio Cabral e concorre numa candidatura “puro-sangue” do PMDB. Já Evandro Capixaba é o candidato oficial do ex-governador Anthony Garotinho e concorre numa coligação composta por PR, PSL, PCdoB, PHS, PRB e PT. Ambos os candidatos dizem ter o apoio da presidente Dilma Rousseff. O senador petista Lindberg Farias esteve na cidade para reafirmar o apoio de Dilma à Capixaba. O bispo Manoel Ferreira, do PR, também esteve na cidade, mas para afirmar seu apoio ao candidato José Luiz do Posto.

Ao menos em Mangaratiba, o senador de Cabral está com Garotinho e o senador de Garotinho está com Cabral. Obviamente que a conjuntura política em Mangaratiba é complexa por ser uma eleição extemporânea. Mas toda essa salada eleitoral reafirma uma tese: seu adversário de hoje pode ser seu aliado de amanhã e vice-versa. E essa é uma tese cada vez mais presente na política de hoje de uma forma geral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.