Homem invade escola no Rio e atira contra alunos

Polícia informa: mais de 10 mortos e atirador se suicida!

Um homem invadiu uma escola municipal na região de Realengo, na zona oeste do Rio, e realizou diversos disparos de arma de fogo, por volta das 8h30 desta quinta-feira.

O atirador que invadiu a Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, foi identificado como Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos. Ele, que seria um ex-aluno, teria deixado uma carta com as razões que o levaram a fazer o massacre. A informação sobre a carta foi dada por um fiscal do Detro, que fazia uma operação contra vans piratas no local, com o apoio do Batalhão de Polícia Rodoviária.
– Um garoto baleado no rosto chegou pedindo ajuda e contando que um cara entrou atirando na escola. Uma equipe socorreu o menino, e outras duas se dirigiram à escola. Chegando lá, o sargento Alves abordou o atirador, que estava no segundo andar, subindo para o terceiro. O policial deu um tiro na perna do criminoso e mandou ele se render. Em seguida, o homem deu um tiro na cabeça – disse o fiscal Fernandes, do Detro.
Ele entrou na escola dizendo que ia dar uma palestra, foi para uma sala da oitava série, que fica no primeiro andar, e sem falar nada tirou uma pistola da bolsa e começou a atirar. ” Disse, o gari Dorival Rafael que estava no momento do tiroteio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.