Futuro político de Neco nas mãos do TRE

A próxima sessão do TRE promete ser decisiva para a vida política do prefeito de São João da Barra, Neco. Ele e seu vice, Alexandre Rosa, foram acusados de abuso de poder econômico, captação ilícita de sufrágio e crime eleitoral durante as eleições de 2012. Ainda na mesma ação consta que Neco e Alexandre ofereceram material de construção para uma igreja que em contrapartida exaltaria o nome do então candidato, e que o próprio Neco teria dado a ideia de doar 30 sacos de cimento.
A assessoria do prefeito informou que o prefeito está tranquilo, e que conta com três dos cinco votos dos desembargadores do processo. Ainda segundo a nota da assessoria, “O prefeito Neco está feliz com esse resultado parcial. Ele tem confiança na Justiça, até porque já ganhou na primeira instância. E não poderá ser diferente”, afirma a nota.
No julgamento em primeira instância a ação do PR contra Neco foi julgada como improcedente, e somente o vereador Eziel foi condenado a pagar uma multa de R$ 20 mil por propaganda irregular.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.