Funcionário “fantasma” em São Francisco

A edição da revista “Somos assim” divulgada neste domingo(13), que tem como título: “O Fantasma de São Francisco de Itabapoana”, trás um depoimento do Sr. Tenório sobre irregularidades envolvendo seu nome como funcionário “fantasma” da Câmara Municipal de Vereadores do mesmo município, com nomeação de 02 de maio de 2008 exonerado em 01 de janeiro de 2009. Inconformado, por nao ter conhecimento do seu nome na folha de pagamento, Tenório Chagas procurou o Ministério Público Estadual (MPE), para informar a Justiça que seu nome estava recebendo há oito meses, salário de R$ 1.400,00. Clique na imagem e amplie!


-” Eu nao sei como conseguiram meu CPF. Eu não assinei nada para ser contratado, então falsificaram minha assinatura e meus documentos. Aqui é comum que assessores dos vereadores sejam nomeados e quando recebem os salários ficam com uma parcela de um salário mínimo e repassam o resto ao vereador. Quando eu fui a câmara procurar emprego para minha filha, me informaram que eu tinha um 13º para receber. A partir de então fui descobrindo o resto da história. Esse salário era pago em mãos e sem contracheque. Entao para eu saber quem estava recebendo e como fizeram isso só se eu entrasse na justiça. E foi o que eu fiz “- relatou Tenório.Nota: Lembrando que em 2008, o presidente da Câmara Municipal era Beto Azevedo, que hoje exerce o cargo de prefeito da cidade sanfranciscana.

One thought on “Funcionário “fantasma” em São Francisco”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.