Ex-deputado federal é alvo de operação da PF contra desvio de R$ 14 milhões na saúde de Roraima

A Polícia Federal cumpre nesta sexta-feira (16) a segunda fase da operação Godfather, deflagrada em dezembro passado, que desarticulou um grupo criminoso que atuaria em fraudes em licitações e desvios de recursos públicos da Saúde em Roraima.

As investigações indicam que o ex-deputado federal Abel Galinha (DEM-RR) exerceria ingerências na Secretaria, tanto durante quanto após seu mandato, condicionando pagamentos que deveriam ser feitos pelo órgão à empresa do esquema ao recebimento de propinas.

A reportagem do Roraima 1 ainda não conseguiu contato com o ex-parlamentar.

Também é alvo das medidas um Procurador do Estado, que receberia valores do esquema, segundo informou a PF.

Policiais federais cumprem quatro mandados de busca e apreensão em Boa Vista, expedidos pela 4ª Vara Federal de Roraima, após representação da Autoridade Policial e manifestação favorável do Ministério Público Federal.

O inquérito policial aponta para fraudes envolvendo mais de 14 milhões em contratos da Secretaria de Saúde de Roraima, nos períodos entre agosto de 2017 e abril de 2019.

As investigações indicaram propinas seriam distribuídas para viabilizar os pagamentos de faturas, permitir a renovação de contratos e garantir o atesto fraudulento de recebimento de refeições destinadas aos hospitais da rede pública.

O nome da operação faz alusão ao sobrenome do principal personagem do filme “O Poderoso Chefão”, o qual é coincidente com o nome da principal empresa investigada.

Fonte: roraima1.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.