Corpo com sinais de tortura segue sem identificação

Segue sem identificação no Posto Regional de Polícia Técnica-Científica (PRPTC), em Campos, o corpo de um homem negro e calvo, que aparenta ter entre 40 e 45 anos. O cadáver foi encontrado em avançado estado de putrefação na Estrada do Morro da Ameixa, área rural de São Francisco de Itabapoana, na tarde da última terça-feira (20/12).
No corpo havia sinais de tortura, já que as mãos do homem estavam amarradas para trás. A vítima estava sem camisas e trajava uma bermuda nas cores preta e laranja.
No local, a polícia não negou a possibilidade de o homem ter sido morto em outro ponto e o cadáver jogado na estrada.
O caso foi registrado na 147ª Delegacia Legal em SFI para investigação. Ururau

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.