Câmara de vereadores de Quissamã fica sem presidente

Se engana quem pensa que as confusões no Legislativo se restringem ao município de São João da Barra. Em Quissamã, a Câmara já teve dois presidentes e agora ficou sem ninguém. O site Ururau informa que o vereador Nilton Pinto Furinga (PSC), se mantinha na presidência graças a um recurso na Justiça. Porém, ontem (28), o Desembargador do Tribunal de Justiça, Ronaldo Rocha Passos negou o seguimento do agravo de Furinga. Na prática, isso significa que volta a valer o mandado de segurança que considerou nula a eleição do grupo de Furinga.

Após a publicação da decisão no Diário Oficial, a Câmara de Quissamã deverá realizar uma nova eleição da Mesa Diretora. A confusão começou no dia 23 de dezembro do ano passado, quando o vereador Chiquinho Arué (PHS), candidato a vice-presidente na chapa encabeçada pelo vereador Marcinho Pessanha (PMN), foi impedido de participar da eleição da mesa diretora. Fonte: Blog do Botafoguense Alexandre Bastos Jornalista da Folha da Manhã

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.