Assembléia proíbe celuares em bancos

Assim como a Câmara de Vereadores, que há dias promulgou uma lei obrigando as agências a cumprirem o prazo de 15 minutos no atendimento ao cliente, a Assembleia Legislativa acaba de legislar sobre o funcionamento dos bancos no Rio.
Praticamente por unanimidade, os deputados acabam de derrubar um veto do governador Sérgio Cabral ao projeto de lei de Domingos Brazão (PMDB) proibindo o uso de celulares dentro das agências bancárias. A ideia é reduzir o índice de assaltos a clientes que acabaram de sacar dinheiro – golpe conhecido como “saidinha de banco”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.